• contato@analyticsbr.com.br

Entendendo IoT – Parte II – Interação

Entendendo IoT – Parte II – Interação

Conforme prometido, vamos dar sequência ao assunto IoT e hoje vamos falar sobre a interação entre os três pilares (sensores, conectividade, processos e pessoas) citados no texto anterior Entendendo IoT – Parte I, com os dispositivos, aplicações e alguns exemplos.

Interação dos dispositivos

O que observamos quando olhamos ao nosso redor é que cada dia surge um novo tipo de dispositivo que são chamados de “inteligentes”. São relógios, carros, interruptores, celulares e assim por diante. Conforme vemos na parte do gráfico abaixo, a interação entre os pilares permite que esses gadgets se transformem em inteligentes, pois eles conseguem entender várias situações, transmitirem para uma central e com isso permitir a tomada de decisões.

Pode ser desde um termostato que entende a temperatura ideal quando você não está em casa, alugando um carro diretamente num aplicativo, fazendo todo monitoramento dos seus sinais vitais através de um relógio, tomadas que desliguem os aparelhos eletroeletrônicos que não estão em uso ou um aplicativo que monitora as vagas para estacionamentos livres e enviam para seu celular o local exato para estacionar.

 

Grafico sobre interacao de dispositivos

Gráfico gentilemente cedido por Postscapes

 

Aplicações

É natural que quando consegue-se obter esses dados em tempo real, diretamente dos dispositivos, começem a surgir também aplicações para utilização deles, transformando-os em informações e com isso facilitando a tomada de decisões, que podem ser executadas pelos próprios dispositivos conectados, criando assim uma mão de via dupla.

Algo que se fosse dito alguns anos atrás pareceria ficção científica, hoje já está se tornando trivial graças a essas aplicações e dessa forma conseguimos deixar nossas casas, transportes, saúde, construções e cidades bem mais inteligentes.

Conforme você pode ver na parte do infográfico abaixo, os nosso hábitos de consumo e nossas casas serão totalmente transformados.

Nosso conceito de transportes e mobilidade também será fortemente impactado com as mudanças, pois poderemos sair de casa já sabendo onde iremos estacionar.

Nossa saúde poderá ter muitos benefícios com esses gadgets, onde os cuidados com os pacientes serão revolucionados.

As construções e a área de infraestrutura também colherão enormes benefícios por conta da forma diferente que irão gerenciar e monitorar os itens que compõem um obra.

E juntando cada pedacinho desses tópicos, obviamente transformaremos o ambiente que estamos inseridos, deixando nossas cidades e indústrias totalmente inteligentes, podendo melhorar todos os serviços oferecidos por elas.

 

Gráfico gentilmente cedido por Postscapes

 

 

Exemplos de Uso

E quando as aplicações desenvolvidas são integradas fica perfeitamente possível juntar os assuntos para formarem novas soluções. No gráfico abaixo fica bem claro e visível os benefícios que essas junções trarão para o nosso dia a dia.

Gráfico gentilmente cedido por Postscapes.

 

Conforme pudemos observar ao longo desse segundo post, IoT é algo que se já não está, em breve estará na sua vida de alguma maneira. Talvez nem saberemos que estamos sendo monitorados por algum dispositivo, porém a certeza que tenho é que iremos utilizá-la.

Em breve estarei postando a terceira e última parte sobre IoT. Assine nossa newsletter para receber o aviso por email assim que o texto estiver disponível. Deixe seus comentários abaixo, eles sempre serão bem vindos e tenho a convicção que serão enriquecedores.

Para quem perdeu a primeira parte dessa série de posts, clique aqui e leia desde o começo.

Até o próximo!

* The Infographic was created under a CC Attribution license and can be used with an attribution credit to both Postscapes.

Ivã Cielo

Deixe sua mensagem

%d blogueiros gostam disto: